sábado, 7 de fevereiro de 2009

Carne argentina


E assim foi o meu jantar de 6a feira:

Adoro carnes. Adoro picanha.


Mas fui apresentada ao famoso bife de chorizo argentino. Nunca apreciei nada igual. Nunca fui à Argentina, mas pretendo ir em breve e me "esbaldar" de carne argentina. A picanha brasileira é muito deliciosa e a argentina maturada também é muito suculenta... mas não imaginava que o contra-filé argentino seria algo tão espetacular.


Prá falar a verdade eu já ouvi de tudo sobre a carne argentina, mas cá entre nós cada um pode achar o que quiser... paladar é algo muito pessoal, difícil de avaliar. Aliás, a gastronomia de forma geral é "multi", o que prá um é uma delícia para outros é terrível, portanto não sou dona da verdade, apenas tento nessas poucas linhas transmitir o que senti e se aprovei... às vezes as pessoas se identificam... por que estou falando isso? Bem, porque alguns conhecidos que foram à Argentina não aprovaram a carne argentina argumentando que ela era sem sabor (sem sal - tempero) e outros ficaram pasmos como eu e adoraram. De qualquer forma, tempero também é algo muito pessoal, mas de fato, também senti que tem pouco sal, mas percebi o sabor com mais clareza e apreciei com mais intensidade o prato.

Mas deixando essa questão do sal/tempero de lado... Fomos ao Corrientes 348 que fica na 411 Sul e seguimos todo ritual dos pratos: entrada, vinho, primeiro e segundo prato, sobremesa e cafezinho. Experimentamos três tipos de carne e confesso... não é igual a carne brasileira, não é o mesmo tempero comum em nosso país (que também é delicioso). Me arrisco a dizer que a carne é maravilhosa e tem que ser ao ponto, com aquele vermelhinho, sabe? Perfeita.

O ambiente é bem agradável, bem frequentado, à meia-luz... vale a pena conhecer. Mas vá bem preparado para gastar. Para desfrutar das delícias da cozinha argentina você gastará consideravelmente. Vá num dia especial... para comemorar algo especial... vá para fazer algo extravagante. Bem, você entendeu: você vai comer muito bem, mas vai gastar bem.
Dá até pra tentar uma combinação de pratos que saía mais em conta, tirar o vinho... mas sinceramente... vale a pena essa extravagância. Se você, como eu não pode fazer isso sempre... escolha um dia que mereça uma comemoração e vá em frente.

Fica a dica...


Aos leitores que já foram à Argentina e queiram contribuir, o espaço está aberto...
Um grande abraço!

5 comentários:

Paula e Edinho disse...

Gi..
O blog esta de dar agua na boca e fiquei imaginando vc na sua cozinha perfeitinha fazendo as receitas que diliça!!!!

Toda vez que tomo café com espuminha louvo à Deus pela minha amiga!!!!!rsrsrs a maquininha lembra?

Vou esperar o macarrao tentando suas outras receitas e queria muuuito um risoto 4 queijos, ve se prepara ai chefe e da a melhor receita pra mim ta?
bjs

Gislaine disse...

Que bom que gostou!!!

Tenho uma sugestão muito boa, que lembra o risoto, mas é feito com risoni, um macarrão com formato de arroz. Dê uma olhada no meu marcador "receita campeã", acho que vc vai gostar... em breve coloco meu carbonara aqui... um bjo!

Rodrigo JOE disse...

Muito legal seu blog, vou acompanhar pq sou um amante de boa comida. Ja fui no Corrientes, mas nao gostei no geral. Achei que o atendimento, muito juvenil, formado por adolescentes velhos, digamos assim, na casa dos 22 anos, nao batia com o "corpo"da casa.

Uma enxurrada de caipirinhas que nos oferecem, para mim nada tem haver com o tipo do restaurante. A carne é boa, mas ja comi melhor no BSB Grill.

Pedi uma batata sufle que coi em Buenos Aires, e a deles aqui nem chega perto. [primeiro que aqui eles fritam no oleo e la no azeite extra virgem, o sabor muda completamente. E a porcáo tmb é muiiiito diferente.

Só fui uma vez la, e isso ja tem mais de 1 ano e até agora nao me convenci de voltar.

Parabens pelo blog.

Anônimo disse...

Provocou com Bue??? Aí vai!
La Brigada – Bairro San Telmo (neste bairro verificar, também, próximo a prç DORREGO, o Bar Dorrego, bar típico, e o Amici Mie, restaurante italiano – muito bons) imperdíveis!

Visitar as casas de empanadas (empadas) El Sanjuanino à noite. Muito boas e interessantes para observar o modo de vida local. Funcionam até tarde, meia-noite e mais até...
Espaço Campo em Puerto Madero – Muito bom
Cafés:

Tortoni – Linha A do metrô. Linha + antiga da América do Sul. Para o café, descer na estação Piedras

La Biela – na Recoleta, em frente ao cemitério, + igreja. É o cemitério com o túmulo da Eva Perón. O café era freqüentado por Juan Manuel Fangio, corredor de fórmula 1. Os argentinos gostam quando se reconhece seus heróis, leia-se: Perón, Eva Perón, Maradona, Fangio, Gardel.
Depois ponho mais infos...

Beijusss
DÊ Badaraco

Jorge Ramiro disse...

Sim, amigo, as empanadas são o melhor que há. É o alimento mais rico. No Brasil, existem algumas opções para comer carne da Argentina, la caballeriza , por exemplo.